Um fenômeno chamado e-sports • Loga® Internet
17350
single,single-post,postid-17350,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-9.2,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2.1,vc_responsive
Um fenômeno chamado e-sports

Um fenômeno chamado e-sports

Em audiência dos games, Brasil fica atrás apenas de China e EUA

Há de chegar o dia em que a frase ‘Sai desse computador e vai brincar lá fora, menino’ seja completamente invertida. Brincadeiras à parte, a verdade é que o universo do e-sports se consolidou no país e hoje movimenta cifras milionárias.

Atrás apenas de China e Estados Unidos, o Brasil já é líder em audiência na América Latina. De acordo com um estudo da “Newzoo”, consultoria especializada no mercado de games e de mobile, existem 7,8 milhões de brasileiros que entram na categoria “entusiastas de e-sports” (pessoas que assistem a torneios de esporte eletrônico mais de uma vez por mês).

Se os números da audiência impressionam, os valores das premiações também não ficam atrás. Em 2017, o Campeonato Mundial de Dota 2 pagou o maior prêmio da história do e-sports. Foram cerca de 23 milhões de dólares em prêmios. Só o campeão levou para casa mais de 10 milhões.

Ainda segundo a “Newzoo”, o mercado de e-sports movimentou 655,3 milhões em 2017 e a projeção é que os números aumentem para US$ 905,6 milhões em 2018.

É como diria o rapper Emicida, em seu show na final do CBLOL 2018:

“É só um joguinho, eles disseram
Hoje tão igual bobo
Enquanto eu, pelo globo, reverbero”.

Quer uma Internet para brilhar no E-Sports?
#EntãoLoga

Tags: