A fibra óptica é a melhor e mais moderna tecnologia que existe para quem usa internet. Por exemplo, a Loga trabalha com 100% de sua tecnologia em fibra óptica.

Essa tecnologia com certeza está modernizando cada vez mais as empresas de telecomunicações, e os usuários estão podendo desfrutar de um trabalho mais aprimorado, rápido e seguro.

Antes de tudo, vamos entender um pouco melhor de como funciona a fibra óptica. Basicamente, ela é construída a partir de camadas de vidro, revestimento de plástico e outros elementos de proteção para evitar quebras. As paredes internas controlam a luz, como se fosse água passando por um cano.

Os cabos de fibra óptica contam ainda com um isolante elétrico, o que possibilita uma maior segurança e estabilidade na transmissão dos dados. Descubra mais sobre as vantagens de ter a internet de fibra óptica, clicando aqui.

Primeiramente, é importante termos uma coisa em mente: para que pudéssemos conhecer a fibra óptica como ela é hoje, tiveram estudiosos e pesquisadores que desenvolveram a teoria e tecnologia para a concretização da fibra óptica.

Foram necessários três físicos para estudantes os campos das física óptica, desenvolverem teorias e experimentos para que se chegassem aos resultados da tecnologia de fibra óptica.

Tudo começou em 1870, quando o físico inglês Jonh Tyndall elaborou um estudo para provar o princípio de guiamento de luz, ou seja, que a luz podia ser “guiada”  e que era possível elas fazer curvas por meio de equipamentos direcionados.

Contudo, o experimento de Jonh Tyndall não teve muito êxito para ser notado ou atingir alguma mudança para sociedade.

Todavia, só 8 décadas mais tarde o assunto volta à tona e se inicia o campo de estudos da fibra óptica.

Outro físico entra em cena para aprofundar o estudo, chamado Narander Singh Kapany. Em 1952, na época com 25 anos, Kapany realizou diversos experimentos e estudos para conseguir realizar o seu doutorado em Óptica. Graças aos seus experimentos, o pesquisador inventou a fibra óptica.

Após o seu grande feito, Kapany cunhou a expressão fibra óptica e patenteou a invenção. Porém, ele só enxergava sua criação com utilidade para o campo da medicina, no aperfeiçoamento do endoscópio, instrumento para observar o interior do corpo humano – as fibras eram um excelente transmissor de imagens.

Entretanto, a história não acaba por aí. Temos mais um físico que entra no processo do desenvolvimento e aprimoramento da fibra óptica. E que foi responsável pelo desenvolvimento e impacto da fibra óptica dos meios de telecomunicações.

Em 1966, o físico chinês Charles Kao teve a ideia de usar as fibras ópticas para a transmissão de chamadas telefônicas. Apesar dos cabos de fibras ópticas serem muito menores que os cabos convencionais, eles tinham uma capacidade enorme de transmitir dados, tanto de voz quanto de televisão, computador, internet, e que custaria muito menos.

Foi por meio de Kao que a tecnologia de fibra óptica adentrou e desenvolveu as empresas de telecomunicações, e se iniciou a era da internet ultrarrápida.

Quer uma Internet que você possa confiar?
#EntãoLoga