Criado em 2004, o Facebook mudou a maneira como o mundo se relacionava com as redes sociais, tornando-se a plataforma mais acessada no planeta

Quando o Orkut era a referência para os usuários do que podemos chamar de mídia social, ou rede social, algumas agitações começavam a acontecer entre os corredores da Universidade de Harvard.

Em 2004, Mark Zuckerberg, junto com seus colegas de quarto, entre eles o brasileiro Eduardo Saverin, fundavam o, originalmente conhecido, TheFacebook.com. O que não demoraria muito para ganhar o nome como conhecemos hoje.

O Facebook, famoso ‘Face’, é uma das empresas mais valiosas do mundo em 2021. Ela é considerada uma das cinco grandes empresas de tecnologia, juntamente com a Microsoft, Amazon, Apple e Google. Em 2020, a mídia social alcançou a marca de 2,7 bilhões de contas ativas, sendo 130 milhões delas brasileiras.

Além de causar uma verdadeira revolução sobre aquilo conhecíamos como rede social, o Facebook passou a crescer os olhos para empresas que poderiam se tornar ‘O novo Facebook’. 

A empresa é dona do Instagram, WhatsApp, Giphy e algumas outras empresas não tão conhecidas do grande público. 

Com o surgimento de novas tecnologias, novas empresas digitais e outras redes sociais, os comentários acabam aparecendo: ‘o Facebook vai acabar’, ‘ninguém mais usa aquilo’…

Verdade ou mentira, ainda não podemos afirmar. O que sabemos é que muita gente continua acessando a plataforma e os grupos são cada vez mais presentes e ativos por lá.

 

E você, ainda usa o Facebook ou também acha que tá na hora de partir pra outra? Independente da sua resposta, é importante ter uma Internet de qualidade pra aproveitar essa ou qualquer outra rede social.

Quer uma Internet que você pode confiar?
#EntãoLoga